quarta-feira, 20 de março de 2013

Repelentes



Nessa época temos que ter cuidado com as picadas de insetos, principalmente devido ao risco de contrairmos a dengue. Algumas pessoas atraem insetos mais que as outras, pois os principais atratores de mosquitos são o ácido lático (substância que está presente no nosso suor) e o CO2 (gás carbônico), um gás que jogamos no ambiente toda vez que respiramos. Pessoas idosas suam menos, por isso são menos picadas e as crianças suam muito, por isso são os alvos. Mas o uso de repelentes em crianças deve ser criterioso, pois os repelentes em creme são tóxicos e podem causar risco a saúde.

São várias as formas de afastar insetos e evitar suas picadas. Temos a forma física (mosquiteiro, telas e aparelhos eletrônicos como as raquetes), tópica (cremes) e ambiental (naturais). Os repelentes em creme são os mais utilizados e funcionam como uma camada de vapor com odor ofensivo aos insetos e por serem tóxicos, devemos ficar atentos para utilizá-lo de forma correta. O repelente em creme não deve ser usado por baixo de roupas, nas mucosas (lábios, olhos) e mãos (sempre lavar após a aplicação), não deve ser associado com protetor solar (pois aumenta a toxicidade), não devemos dormir com repelente e nunca reaplicá-lo mais de 3 vezes ao dia.

A maioria dos repelentes em creme vendidos no mercado tem entre os componentes a dietiltoluamina (DEET), que em concentração elevada pode ser tóxica principalmente em crianças. O DEET é o melhor em termo de proteção, protege contra o Aedes Aegypti (mosquito transmissor da dengue), mas é muito tóxico. Em criança tem que ser utilizado na concentração menor que 10% e quanto maior a concentração maior o tempo de proteção (concentração de 6% confere proteção de 2h e 20% confere proteção de 4h).

Alguns exemplos de repelentes que contém DEET e a sua concentração:

  • Autan (6-9%)
  • OFF loção e Spray (6-9%)
  • OFF Kids (6-9%)
  • OFF aerossol (14%).

Outro componente presente em alguns repelentes é a Icaridina que é menos tóxico, por isso pode ser usado em crianças a partir dos 6 meses e gestantes. É eficaz contra o mosquito transmissor da dengue e confere um bom tempo de proteção, em média 7h.

Alguns exemplos de repelentes que contém Icaridina e a sua concentração:

  • Exposis Adulto Gel Spray (50%)
  • Exposis Extreme Spray (25%) e Infantil Spray (25%)
  • Johnson & Johnson loção (não revela a concentração).

Fiquem atentos pois os repelentes tem uma importante função de proteção de doenças, mas por ser tóxico pode trazer risco a saúde, quando utilizado indevidamente.